Ederson é operado com sucesso e Flamengo não faz previsão de volta

Meia se machucou em uma dividida com o lateral Fagner, no jogo contra o Corinthians

Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2016 | 20h22

A lesão no menisco do joelho esquerdo sofrida em julho, diante do Corinthians, obrigou o meia Ederson a passar por uma cirurgia nesta quarta-feira. A artroscopia na perna do jogador do Flamengo foi realizada pelo médico José Luiz Runco, e por mais que o procedimento tenha sido considerado um sucesso, o clube preferiu não fazer previsão de retorno.

"A cirurgia do Ederson correu bem, dentro do esperado. A alta está prevista para amanhã de manhã. Será avaliado no dia a dia e esperamos que ele possa iniciar o tratamento fisioterápico na sexta-feira no CT. O atleta passou por uma artroscopia, pois tinha uma pequena lesão no menisco medial e após o tratamento conservador a dor persistiu. Por isso optamos pelo procedimento, que ocorreu bem e agora é iniciar a recuperação", declarou Runco.

Inicialmente, o Flamengo optou por uma recuperação não cirúrgica. Desde a lesão, ocorrida no dia 3 de julho, Ederson vinha realizando trabalho de fisioterapia e de fortalecimento muscular, mas diante do incômodo contínuo na região, clube e jogador concordaram em mudar os planos.

O lance no qual Ederson sofreu a lesão rendeu bastante polêmica porque o árbitro Heber Roberto Lopes sequer marcou falta. Posteriormente, o juiz e Fagner, o autor da dura entrada, foram suspensos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas ambos obtiveram efeito suspensivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.