Edílson aprova ritmo forte nos treinos do Botafogo

A intertemporada do Botafogo durante a pausa para a Copa do Mundo está sendo especial para o lateral-direito Edílson. Um dos jogadores de mais força do elenco do técnico Vágner Mancini, ele destacou os trabalhos físicos de alta intensidade que vem sendo coordenados pelo preparador Moraci Sant''Anna.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2014 | 19h33

"Essa intertemporada está sendo muito forte, mas lá na frente teremos um ganho muito grande. Estamos felizes por estar podendo trabalhar para o Mancini ajustar a equipe. Sem dúvida, teremos um ganho muito grande na hora de voltar", disse o atleta de 27 anos.

Focado nos trabalhos no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan), na Penha, zona norte do Rio, Edílson acha cedo para fazer previsões de desempenho para o Botafogo no segundo semestre.

"É difícil falar em números, mas teremos um ganho grande. Nós jogadores estamos sofrendo com essa forte intertemporada, mas sabemos que lá na frente esse esforço vai ser recompensado com vitórias e bons resultados", afirmou o lateral, comemorando o fato de Mancini ter um tempo a mais para fazer ajustes na equipe.

O lateral quer estar entre os 11 titulares, mesmo que isso signifique que ele tenha que mudar de posição. E espera usar sua versatilidade para poder ser o mais útil possível no elenco botafoguense.

"Ainda não sei como vou jogar, mas sempre digo que estou aqui para ajudar. Independente da posição que estiver, eu vou dar o melhor. Minha posição de origem é a lateral, mas se o professor precisar que jogue no meio eu vou sem problema nenhum. Já mostrei que posso jogar por ali também", avisou Edílson.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoEdilson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.