Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Edilson e David são dúvidas de Abel no Cruzeiro para pegar o São Paulo

Equipes se enfrentam na quarta-feira, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

14 de outubro de 2019 | 22h28

A má fase e os problemas no Cruzeiro parecem não ter fim. Além da má produção dentro de campo, que leva o time a somar oito jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro, o técnico Abel Braga precisa conviver com uma série de desfalques por lesão. Os dois novos casos são do lateral-direito Edilson e do atacante David.

Os dois jogadores foram substituídos no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, no domingo, com problemas musculares e serão reavaliados, nesta terça-feira, e poderão desfalcar a equipe no jogo com o São Paulo, quarta-feira, às 21 horas, no Mineirão, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Caso não estejam em condições de jogo, Weverton e Pedro Rocha devem herdar as vagas.

Antes do jogo como São Paulo, Abel fará um treinamento nesta terça-feira, quando vai definir a equipe. Um provável time do Cruzeiro para o duelo: Fábio; Weverton, Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique e Éderson; Robinho, Thiago Neves e Pedro Rocha; Fred. O elenco cruzeirense se reapresentou nesta segunda-feira e os titulares fizeram apenas um treino regenerativo.

Com 22 pontos na classificação do Brasileiro, o Cruzeiro precisa de pelo menos duas rodadas para deixar a zona de rebaixamento. O Ceará, primeiro time na zona da degola, tem 26 pontos. Depois do São Paulo, em casa, o Cruzeiro vai enfrentar o Corinthians, sábado, em Itaquera.

CIRURGIA

O meia Rodriguinho foi submetido, nesta segunda-feira a uma nova cirurgia na região lombar. O jogador fora operado em julho para correção de um problema agudo de protusão discal, mas as dores prosseguiram. O atleta, de 31 anos, que custou R$ 15 milhões no início do ano, disputou 20 jogos e fez oito gols, só deve voltar a jogar na próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.