Edilson espera que Grêmio esqueça vantagem com Avaí

O lateral-direito Edilson minimizou a vantagem conquistada sobre o Avaí na primeira partida de oitavas de final da Copa do Brasil, após o Grêmio vencer por 3 a 1. Para o jogador, a equipe gaúcha precisa esquecer nesta quarta-feira o primeiro jogo e buscar a vitória mesmo atuando em Florianópolis.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2010 | 12h54

"Temos uma vantagem, mas precisamos esquecê-la quando entrarmos em campo para fazer uma boa partida e sair com a classificação", afirmou Edilson, explicando que o Grêmio precisará ser cauteloso no início do jogo.

"Temos que esperar um pouco para sair, afinal o time deles é muito qualificado. Todo mundo conhece a força do Avaí dentro da Ressacada, mas também todos sabem da força do Grêmio dentro e fora de casa", avaliou.

Ex-jogador do Avaí, Edilson garantiu que esqueceu o antigo clube e afirmou que só pensa no Grêmio. "Minha segunda casa é onde minha família mora, no Paraná. E a minha primeira casa é o Olímpico", brincou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilGrêmioEdilson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.