Edílson não se apresenta ao Flamengo

O sumiço do atacante Edílson está deixando a diretoria do Flamengo em pânico. O jogador deveria ter viajado com a delegação na segunda-feira para Cachoeiras de Macacu, na região serrana do estado, onde a equipe fará um pré-temporada para a disputa da Copa dos Campeões, mas não apareceu. A ausência de Edílson pode ser um protesto contra o Flamengo, porque o meia Petkovic ganhou mais dias de folga do que todos os jogadores e só vai se reapresentar no dia 16.

Agencia Estado,

12 de junho de 2001 | 19h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.