Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Edilson sai machucado de jogo-treino e preocupa o Grêmio

Com dores na panturrilha lateral será reavaliado pelos médicos do clube

O Estado de S.Paulo

14 Fevereiro 2017 | 18h58

Depois de perder o meia Douglas por pelo menos seis meses, o técnico Renato Gaúcho tem mais um motivo de preocupação no Grêmio. O lateral-direito Edilson, titular da posição, saiu mais cedo de um jogo-treino nesta terça-feira. Com dores na panturrilha, ele será reavaliado pelos médicos do clube para saber a gravidade da lesão.

Apesar de ser titular, Edilson ainda não estreou na temporada. Ele passou por uma cirurgia no joelho direito durante a pré-temporada e vinha tratando dessa lesão. Nesta terça, foi ao chão ainda no início do jogo-treino contra o São Gabriel, que se prepara para jogar a segunda divisão do Campeonato Gaúcho.

O Grêmio venceu a atividade por 2 a 0, ainda que só tenha contado com os jogadores que não atuaram contra o Passo Fundo no domingo - os titulares ficaram na academia. O time foi escalado com: Bruno Grassi; Edilson, Lucas Rex, Bressan e Cortez; Kaio, Michel, Lincoln e Maxi Rodríguez; Fernandinho e Everton. Leonardo Gomes foi o substituto de Edilson no restante da atividade. Everton e Fernandinho fizeram os gols.

De acordo com o Grêmio, três atacantes não treinaram com o grupo. Luan está com uma tendinite no joelho esquerdo. Jael sofreu uma leve torção no joelho direito contra o Passu Fundo enquanto Pedro Rocha ainda se recupera de dores no calcanhar.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Grêmio Edilson Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.