Werther Santana/AE - 28/11/2009
Werther Santana/AE - 28/11/2009

Edmílson faz acordo com diretoria e deixa Palmeiras

Volante sofreu com algumas lesões na equipe e participou de 35 jogos, com quatro gols marcados

AE, Agencia Estado

20 de janeiro de 2010 | 13h15

A passagem do volante Edmílson pelo Palmeiras se encerrou oficialmente nesta quarta-feira. Com contrato com o clube até o final de 2010, o jogador se reuniu com a diretoria e definiu a rescisão do seu vínculo com o time paulista.

Veja também:

linkMuricy diz que Palmeiras tenta contratar um meia

linkDeyvid Sacconi ganha nova chance no time titular

linkMesmo sem contrato, Edinho já treina no Palmeiras

linkDiego Souza diz que sonha com artilharia do Paulistão

Para o encerramento do contrato com o time do Palestra Itália, pesou o alto salário recebido pelo pentacampeão mundial pela seleção brasileira em 2002.

"Saio triste por não ter conquistado títulos com a camisa do Palmeiras, mas por outro lado fico muito feliz por ter feito muitos amigos entre os jogadores, comissão técnica e funcionários do clube", afirmou Edmílson, que chegou ao Palmeiras no início de 2009 com o objetivo de dar experiência ao time, que havia sofrido grande reformulação no seu elenco.

A contratação de Edmílson pelo Palmeiras também atendeu a um pedido do técnico Vanderlei Luxemburgo. O volante, que também pode atuar como zagueiro, sofreu com algumas lesões e participou de 35 jogos, com quatro gols marcados. Agora, Edmílson deve intensificar as negociações com outros clubes. Nas últimas semanas, seu nome foi ligado ao Atlético Mineiro e ao Flamengo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.