Edmílson nega abalo de confiança e vê Palmeiras regular

O volante Edmílson negou nesta quinta-feira, após o treino realizado na Academia de Futebol do Palmeiras, que o time comandado por Muricy Ramalho tenha perdido a sua confiança depois da derrota de 3 a 2 para o Vitória, no último domingo, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro.

AE, Agencia Estado

17 de setembro de 2009 | 15h01

O jogador lembrou que o Palmeiras ainda lidera a competição nacional e garantiu que a equipe não deixará o rendimento cair na sua fase decisiva. "Na minha opinião, a confiança não foi abalada. O nosso time é maduro e sabe que precisa reagir, mas estamos conscientes de que ainda somos os líderes. Por tudo o que já apresentamos na temporada, sabemos da nossa capacidade e que não vamos fraquejar nesta reta final", afirmou Edmílson.

O experiente atleta ressaltou que a equipe está na liderança da tabela há um bom tempo, fruto da regularidade do time no Brasileirão. "Ainda somos um time regular. Se não fosse assim, não estaríamos na ponta por dez rodadas consecutivas. Basta apenas corrigir alguns defeitos", reforçou.

Edmílson ainda admitiu que cometeu mais erros do que o normal na derrota para o Vitória, mas analisou que o rendimento da equipe foi ruim de forma geral. "Nós mesmos não entendemos o motivo de termos errado tanto. Eu mesmo assumo parcela de culpa, pois errei muitos passes, algo que geralmente não acontece. Mas já estamos corrigindo e conversando para não repetir contra o Cruzeiro (na próxima quarta-feira, no Mineirão)."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.