Edmundo admite retornar ao Palmeiras

O atacante Edmundo pode estar retornando para o Palmeiras e ser o grande nome da equipe no próximo ano. O jogador confirmou que já conversou com algumas pessoas do clube, ao desembarcar nesta terça-feira no Aeroporto Internacional Tom Jobim, para passar as férias com a família."Mantenho algum contato com o Palmeiras e estou sabendo dessa possibilidade, mas oficialmente não recebi nenhuma proposta. Jogar no Palmeiras sempre foi um grande prazer e não será demérito algum participar da Segunda Divisão do Brasileiro", disse Edmundo, de 31 anos, que atuou na equipe paulista entre 1993 e 1995 e conquistou os bicampeonatos Brasileiro e Paulista, além de um título do Torneio Rio-São Paulo. "Estive para voltar pra lá por quatro vezes, mas o Mustafá (Contursi, presidente do clube) sempre foi contra." Apesar da intenção palmeirense, o jogador considerou que talvez não seja o momento de retornar ao Brasil. Citou que tem propostas para permanecer no Japão, além de outras da França e Arábia Saudita.Mas um dos empecilhos para a permanência de Edmundo no Japão pode ser o interesse de seu clube, o Tokio Verdy, em baixar o seu salário. O jogador explicou que, ciente da crise financeira dos clubes brasileiros, os dirigentes japoneses tentam barganhar para lhe pagar menos.O empresário de Edmundo, conhecido por Helinho, permaneceu em Tóquio para tentar solucionar a questão até o dia 1º de janeiro, quando termina seu contrato. O jogador frisou estar contente no Japão, onde fez um "boa" temporada, marcou 70% dos gols de seu time e levou a equipe à quarta colocação do campeonato. Antes de iniciar a disputa, o Verdy era uma dos cotados ao rebaixamento.Edmundo ainda mandou um recado para o presidente do Vasco, Eurico Miranda, que teria declarado não o querer mais atuando pelo clube. "Meu ciclo no Vasco ainda não está terminado. Mais cedo ou mais tarde, com ele ou não, eu vou voltar", afirmou o jogador.Abalado e emocionado, Edmundo pediu para não falar sobre o recente assassinato de seu irmão, Luiz Carlos Alves de Souza, de 26 anos, no dia 24 de novembro. Outro assunto que o atleta não quis comentar foi sobre o julgamento de seu recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que aconteceria nesta terça-feira, mas foi adiado para a próxima terça-feira.No recurso, Edmundo tenta reduzir sua pena para um ano e quatro meses de prisão, o que lhe daria a possibilidade de suspender o processo, através de um benefício previsto na Lei nº 9.099/95, para os acusados da prática de crime com pena mínima de até um ano de reclusão.Em março de 1999, ele foi condenado a quatro anos e meio de prisão, em regime semi-aberto, pela 17ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, por causa do acidente de carro em que morreram três pessoas (Joana Maria Martins Couto, que viajava no seu carro, Alessandra Cristini Pericier Perrota e Carlos Frederico Brites Tinoco Pontes, que estavam no outro veículo envolvido no episódio).O acidente ocorreu no dia 2 de dezembro de 1995, na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.