Edmundo e Ricardo Gomes fazem as pazes

O técnico Ricardo Gomes e o atacante Edmundo parecem ter selado a paz em uma reunião ocorrida durante a noite de domingo, numa churrascaria localizada na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Tanto que o atleta participou normalmente do treino do Fluminense nesta segunda-feira, depois de ter faltado a dois coletivos na semana passada.Edmundo culpou os jornalistas pela crise com o técnico e disse que houve um mal entendido. "Não fiz crítica a ninguém. Gostaria que vocês (jornalistas) não entrassem mais em contato comigo (por telefone), porque acabam fazendo isso aí", afirmou o atacante, que não se retratou publicamente, como exigira Ricardo Gomes na semana passada.O treinador confirmou a reintegração do atleta ao elenco tricolor. Para Ricardo Gomes, o impasse entre ele e Edmundo está resolvido. No entanto, ele avisou que o jogador terá de cumprir as regras impostas e aceitar ser substituído durante as partidas. "Ele se retratou comigo e está de volta ao trabalho", revelou.O desentendimento entre os dois aconteceu após a derrota do Fluminense para o São Paulo, no Morumbi, por 1 a 0. Na ocasião, Edmundo afirmara que não atuaria mais no clube enquanto Ricardo Gomes estivesse no comando. Um dia depois, o atacante não foi treinar. Irritado, o treinador impôs que o atleta só voltaria a jogar caso pedisse desculpas publicamente.Reforços - O lateral-esquerdo Victor Boleta, ex-Vasco, se apresentou nesta segunda-feira nas Laranjeiras. O novo reforço deve estrear domingo, contra o Internacional, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Ele entrará no lugar de Júnior César, cujo desempenho nesse início de competição não está agradando ao técnico Ricardo Gomes.Outra atleta vascaíno também pode ser contratado. A pedido do atacante Romário, o meia Beto negocia seu retorno ao Fluminense. A diretoria do Vasco já informou que não dificultará a liberação do jogador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.