Edmundo vai processar Vampeta

O presidente afastado do Flamengo, Edmundo dos Santos Silva, afirmou nesta segunda-feira que vai adotar todos os procedimentos necessários para processar o volante Vampeta, que teria afirmado em uma entrevista que "o Flamengo era um time que fingia que pagava e eu fingia que jogava." "Esta foi a declaração mais estúpida que já vi na minha vida", reagiu, indignado, Silva. "Agora, estou entendendo porque o Flamengo foi tão mal no Brasileiro." Silva afirmou que, se forem verdadeiras as declarações de Vampeta, vai processá-lo por perdas e danos à marca Flamengo. Disse que vai encaminhar à diretoria do Rubro-Negro um pedido para que o Corinthians libere o volante para vir ao Rio se explicar no clube. Apesar da consternação pelas afirmações de Vampeta, Silva ainda elogiou o futebol e o caráter do jogador, mas disse que não esperava ouvir isto dele. Irônico, o dirigente mandou um recado para a diretoria do Corinthians. "Me diz aí, o Corinthians está em dia com os pagamentos dos salários?", indagou Silva. "Porque, se não estiverem, acho bom eles se cuidarem." Para Silva, a declaração de Vampeta é um fato "gravíssimo" no futebol brasileiro. Lembrou que se um jogador admite que fez "corpo-mole" outros também podem ter seguido seu exemplo. O presidente afastado do Rubro-Negro ainda levantou uma suspeita sobre a oposição do clube."Não vai me espantar em nada se a oposição do Flamengo estiver metida nisso", disse Silva, que foi afastado do cargo no dia 8, em uma votação dos conselheiros do clube, que o acusaram de improbidade administrativa. "Eles são capazes de tudo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.