Edson Rezende deixa a Comissão de Arbitragem da CBF

Secretário-geral da Escola de Árbitros da FPF, Sérgio Corrêa da Silva assume o cargo interinamente

07 de agosto de 2007 | 16h26

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou, na tarde desta terça-feira, a demissão de Edson Rezende de Oliveira da presidência da Comissão de Arbitragem. De acordo com a entidade, a saída foi motivada por problemas particulares. Interinamente, o cargo será assumido por Sérgio Corrêa da Silva, secretário-geral da Escola de Árbitros da Federação Paulista de Futebol. No comando da Comissão de Arbitragem desde outubro de 2005, após a saída de Armando Marques, Edson Rezende teve seu trabalho elogiado por Ricardo Teixeira, presidente da CBF. "Como presidente da comissão, desenvolveu várias ações e cursos no sentido de aprimorar e modernizar a arbitragem brasileira. Tenho certeza de que o trabalho, agora sob o comando do Sérgio Corrêa da Silva, continuará sendo desenvolvido com a mesma preocupação de melhorar o nível da nossa arbitragem", disse o dirigente. Sérgio Corrêa da Silva faz parte da Comissão de Arbitragem da CBF, que tem todos os seus integrantes mantidos, desde fevereiro de 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
CBFEdson RezendeComissão Arbitragem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.