Marcio Fernandes/AE - 25/5/2011
Marcio Fernandes/AE - 25/5/2011

Edu Dracena não quer Santos defensivo no jogo de volta da Libertadores

Zagueiro afirmou que time vai manter tranquilidade e partir para cima no Paraguai

AE, Agência Estado

26 de maio de 2011 | 10h53

SÃO PAULO - A vitória por 1 a 0 diante do Cerro Porteño, na última quarta-feira, colocou o Santos em vantagem na semifinal da Libertadores. No entanto, os próprios jogadores admitem que a situação não é confortável e rechaçam a possibilidade de atuarem de forma defensiva na partida de volta, na próxima quarta-feira, em Assunção, no Paraguai.

"A gente não vai só para se defender. Hoje o santos sabe se defender também, mas tem jogadores que sabem desequilibrar uma partida. Então vamos para lá fazer o nosso jogo, ter tranquilidade, jogar para cima também. Se fizermos um gol, eles têm que se abrir ainda mais, então é uma vantagem importante", declarou o zagueiro Edu Dracena.

Autor de ter feito o gol da vitória na noite de quarta-feira, no Pacaembu, o zagueiro havia falhado na primeira partida contra o Cerro Porteño, ainda na fase de grupos da Libertadores. Na ocasião, o Santos vencia por 1 a 0, em casa, quando, nos acréscimos, Edu Dracena cometeu um pênalti que deu o empate ao adversário paraguaio.

"Isso faz parte do passado, isso serve de lição. A cada jogo estamos aprendendo e o importante é que tive sempre a confiança da torcida, dos jogadores, da comissão técnica. Estamos aqui para aprender e eu aprendi com o que aconteceu", afirmou Edu Dracena, garantindo que a falha naquela partida com o Cerro já ficou no passado.

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Santos 1 x 0 Cerro Porteño

link Edu Dracena não quer Santos defensivo no jogo de volta

som ESTADÃO ESPN - Muricy: 'Quero é ganhar jogo, e na Libertadores é duro'

som ESTADÃO ESPN - Santos abre vantagem nas semis da Libertadores

blog JT - Neymar carrega o time

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresSantosEdu Dracena

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.