Eduardo Baptista ensaia Ponte Preta com Ravanelli no lugar de Wendel

Técnico preteriu Maycon, que retornará ao Corinthians na próxima temporada

Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2016 | 19h33

O técnico Eduardo Baptista indicou o possível time da Ponte Preta que entrará em campo neste sábado, diante do Botafogo, no estádio Luso-Brasileiro. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Wendel perde a vaga para Ravanelli. O treinador quer aproveitar a jovem promessa do clube nessas duas últimas rodadas do Brasileirão.

A expectativa era de que Maycon ganhasse uma chance no meio-campo. No entnato, como o jogador retornará para o Corinthians no final do ano, Eduardo apostou em Ravanelli. A equipe ainda segue com os volantes João Vitor e Matheus Jesus no meio-campo, enquanto Rhayner, Clayson e William Pottker formam o ataque.

"Minha relação com o Eduardo Baptista é muito boa. Ele conversa comigo, me dá conselhos para jogar e passa confiança. Eu comecei como titular no campeonato, caí um pouco de rendimento, só que ele me deu força a todo o momento para eu continuar e evoluir mais", revelou Ravanelli.

Com mínimas chances de alcançar uma vaga na Copa Libertadores, a Ponte Preta apenas espera confirmar seu lugar na Copa Sul-Americana. Para tanto, precisa terminar até o 12º lugar.

O time campineiro é o décimo colocado, com 49 pontos, a seis do Botafogo, sexto na tabela de classificação. A provável escalação da Ponte Preta tem: Aranha; Nino Paraíba, Douglas Grolli, Antônio Carlos e Breno Lopes; João Vitor, Matheus Jesus e Ravanelli; Rhayner, Clayson e William Pottker.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.