Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Eduardo Baptista exalta Felipe Melo: 'Gol coroa o momento dele'

Técnico do Palmeiras também elogia perseverança de Rafael Marques

Nathalia Garcia, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2017 | 23h59

Titular absoluto, Felipe Melo marcou o seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras e sacramentou a vitória do time alviverde sobre o Mirassol por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. O desempenho do volante arrancou elogios do técnico Eduardo Baptista, que também enalteceu o comprometimento de todo o grupo.

“Esse gol coroa o momento dele, um jogador que vive uma grande fase defensivamente, ofensivamente participa muito da construção das jogadas e ele já buscava esse gol há um tempo. Isso é fruto de trabalho”, afirmou.

No gol de Felipe Melo teve comemoração ao estilo pitbull, que o volante prometeu repetir mais vezes. “Sempre que eu fizer vai ter. Foi assim nos outros clubes, Inter de Milão, Galatasaray. Estou muito feliz por estar contribuindo com o time. Cheguei para somar e, principalmente, aprender. Parabéns para o grupo”, disse, na saída do campo.

O treinador do Palmeiras também valorizou a perseverança de Rafael Marques, que disputou sua primeira partida oficial na temporada e abriu o placar no Allianz Parque. Segundo Eduardo Baptista, o gol do reserva representa a força coletiva dos palmeirenses.

“Rafael simbolizou a vitória, foi o gol do trabalho e do grupo, não estávamos podendo dar sequência a ele, assim como Alecsandro, Erik, Vitinho. Lógico que sente (falta de) ritmo, mas fez o gol e está feliz. É importante, a gente vai se fortalecendo. É o elenco que vai trazer os objetivos para o Palmeiras”, exaltou.

Com a vitória, o Palmeiras chegou a 24 pontos e é líder absoluto do Grupo C, com 10 a mais do que o segundo colocado, o Novorizontino. O triunfo desta quarta-feira também deixou o time, que está na ponta da classificação geral do Campeonato Paulista, mais perto de confirmar a melhor campanha do Estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.