Fábio Wosniak/Site Oficial Atlético-PR
Fábio Wosniak/Site Oficial Atlético-PR

Eduardo Baptista exalta 'lealdade' de Autuori, que também se desligou do Atlético-PR

Treinador foi demitido durante uma reunião com a diretoria do clube após sequência de jogos sem vitória

O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2017 | 13h00

Demitido do comando do Atlético Paranaense, Eduardo Baptista emitiu uma nota em que agradece a "lealdade" de Paulo Autuori, que pediu demissão do clube ao saber da decisão de diretoria de rescindir contrato com Baptista.

"Foi meu chefe direto durante esse período no Atlético e só tenho a elogiar sua condução do trabalho e lealdade. Sempre tive boa relação com o Paulo Autuori e ela só aumentou nesse período", escreveu o ex-técnico.

Baptista foi demitido na manhã desta segunda-feira, 10, durante uma reunião com a diretoria do Atlético após 13 jogos à frente da equipe. Autuori anunciou sua saída assim que soube da demissão de Baptista. Ele ocupava o cargo de diretor do futebol desde que deixou o comando do time para ser substituído por Baptista, indicado por ele. A decisão de Autuori surpreendeu a cúpula do clube paranaense, que emitiu uma nota onde dizendo estar inconformada com sua saída. 

No comunicado de Baptista, ele ainda agradece a oportunidade que teve de estar a frente do Atlético-PR e destaca a boa relação com atletas, funcionários, comissão técnica, imprensa e torcida.

"Aos torcedores um agradecimento especial. Sempre que estive na Arena me deparei com uma torcida muito apaixonada e nesse período tive essa torcida a nosso favor. Foi uma experiência muito proveitosa".

Eduardo Baptista teve uma passagem rápida pelo Atlético Paranaense. Foram 13 jogos: cinco vitórias, três empates e cinco derrotas, duas delas em jogos de mata-mata: para o Grêmio pelas quartas da Copa do Brasil (4 a 0 em Porto Alegre, no dia 28 de junho) e para o Santos, pelas oitavas da Libertadores (3 a 2 em Curitiba, em 5 de julho). De acordo com o Atlético-PR, Baptista foi demitido por "divergências na implantação das metodologias e filosofia do clube".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.