Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Eduardo Baptista pede mais tempo para Palmeiras melhorar a parte física após derrota

Treinador pede paciência à torcida após revés para o Ituano

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

12 Fevereiro 2017 | 22h13

O técnico Eduardo Baptista afirma que a condição física foi um dos problemas do Palmeiras na derrota para o Ituano por 1 a 0 na noite deste domingo pelo Campeonato Paulista. Foi o primeiro revés do time no torneio - na estreia, vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo de Ribeirão Preto. "Estamos entrando em forma. Alguns jogadores estão buscando a melhor condição. Além disso, perdemos o Tchê Tchê. Vamos ter o grupo inteiro nas mãos para buscar uma condição melhor", afirmou o treinador em entrevista coletiva em Itu.

No jogo deste domingo, o Palmeiras falhou nas finalizações nas poucas chances de gol que conseguiu criar. A melhor chance do Palmeiras foi perdida por Róger Guedes, aos 34 minutos. Após ótimo passe de Dudu, o camisa 33 toma a decisão errada e finaliza para fora. Melhor seria ter tocado para Willian que entrava sozinho no meio da área. O atual campeão brasileiro perdeu em uma cobrança de escanteio. O volante Guly, grandalhão de 1,89 m, não precisou nem saltar para ganhar pelo alto do volante Thiago Santos.

O treinador aprovou a atuação do atacante Willian como falso 9. "O Willian foi bem e criou algumas chances. Teve boa atuação e abriu espaços". O jogador, por sua vez, reconhece que ainda está se adaptando à nova função. "Estou me sentindo bem. Tenho de aproveitar. Temos uma equipe de muita mobilidade, jogadores de qualidade que têm essa inteligência de me procurar. Tenho de estar sempre me movimentando. Dar dois ou três passos para o lado para não ficar toda a hora de costas. É claro que em alguma jogada você vai estar com o zagueiro atrás. Tenho me sentido bem. Agora é criar mais oportunidade para concluir em gol", disse o ex-cruzeirense.

Na próxima partida, o Palmeiras vai enfrentar o São Bento no Allianz Parque. Eduardo Baptista acredita na evolução do treinador nos próximos jogos. "É o segundo jogo da temporada (derrota para o Ituano). Vamos tabalhar o dia a dia para ajustar e dar o futebol que a torcida espera", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.