Eduardo Baptista sinaliza três mudanças na Ponte Preta para enfrentar o Sport

O técnico da Ponte Preta, Eduardo Baptista, já sinalizou as três mudanças que deve fazer para o confronto contra o Sport, neste sábado, às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Antonio Carlos deve estrear, o meia Thiago Galhardo vai ter nova chance e o atacante Felipe Azevedo retorna ao ataque.

Estadão Conteúdo

07 de julho de 2016 | 20h30

Com 20 pontos e vindo de uma sequência positiva, com um empate e duas vitórias, o time campineiro espera confirmar a sua condição de mandante contra um adversário ameaçado pelo descenso e que vem de derrota para o líder Palmeiras. A Ponte Preta empatou com o Vitória por 1 a 1, em Salvador, depois bateu o Santa Cruz por 3 a 0, no Recife, e ganhou do São Paulo por 1 a 0, em casa.

Este vai ser o primeiro confronto de Eduardo Baptista, de 44 anos, contra seu ex-clube. "Vai ser um emoção diferente, mas acho que tudo isso faz parte do futebol. Hoje defendo as cores da Ponte Preta, mas mantenho muito carinho pelo Sport, clube que me deu a chance de virar treinador", comentou o treinador. Lá foi campeão da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano em 2014.

O técnico, porém, não quis confirmar a escalação para dificultar o trabalho do adversário Oswaldo de Oliveira. Mas os treinamentos da semana oferecem condições de se apontar a estreia de Antonio Carlos, de 23 anos, emprestado pelo Flamengo, na defesa no lugar do veterano Fábio Ferreira, suspenso com três cartões amarelos. Esta é uma estreia esperada há algum tempo.

No meio de campo a briga é pelo lugar do volante Matheus Jesus, também suspenso por amarelos. Com ele, o time vinha atuando reforçado no setor com três volantes, portanto ao lado de João Vitor e Renê Júnior. Um meia poderia aparecer, entre eles Ravanelli e Thiago Galhardo. O segundo treinou mais tempo como titular.

No ataque, a volta de Felipe Azevedo já era esperada. Ele foi sacado do time, de última hora, do jogo contra o São Paulo sentindo o tornozelo e dores musculares. Foi poupado para não "arrebentar" e mesmo porque é o artilheiro do time, com cinco gols. Azevedo entra no lugar de Wellington Paulista, formando o ataque ao lado de William Pottker e Clayson.

O último treinamento da semana, bastante tranquila, está previsto para a manhã desta sexta-feira. Depois o elenco segue para a concentração. Na última quarta, a Ponte Preta conheceu o seu adversário na terceira fase da Copa do Brasil: o Figueirense, que eliminou o Sampaio Corrêa. O primeiro jogo será disputado na próxima quarta, em Florianópolis. A volta acontecerá em Campinas no próximo dia 20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.