Eduardo Costa pede calma para Vasco iniciar reação

O Vasco está pressionado pelas duas derrotas nas rodadas iniciais da Taça Guanabara - o primeiro turno do Campeonato Carioca -, mas o volante Eduardo Costa ressaltou a necessidade do time ter tranquilidade para se recuperar na competição. A equipe volta a jogar na quinta-feira, no Engenhão, contra o Boavista, e o meio-campista aposta em uma reação.

AE, Agência Estado

25 de janeiro de 2011 | 18h00

"Temos a oportunidade de reverter a situação que estamos já nesta quinta. Esperamos conseguir a vitória e engrenar bons resultados para adquirir confiança e lutar pelo título. Precisamos vencer o Boavista e para isso, temos que ter tranquilidade no jogo, para não errar na partida", disse.

Eduardo Costa deverá ser uma das novidades do Vasco no duelo com o Boavista, já que teve o seu contrato regularizado na Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Assim, ele é uma das esperanças para auxiliar na reação da equipe, que está em antepenúltimo lugar no Grupo A da Taça Guanabara e é pressionada pelos próprios torcedores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.