Eduardo deve se recuperar completamente, diz Arsenal

Após quebrar a perna, brasileiro naturalizado croata precisará de nove meses para retornar ao gramado

REUTERS

25 de fevereiro de 2008 | 15h54

O atacante do Arsenal Eduardo da Silva deve se recuperar completamente da fratura na perna esquerda e da torção de tornozelo sofridas durante a partida contra o Birmingham City no fim de semana, informou o time líder do Campeonato Inglês, nesta segunda-feira.     Veja também:  Croácia lamenta lesão de 'insubstituível' Eduardo da Silva O jogador, nascido no Brasil e naturalizado croata, sofreu a contusão após uma entrada do jogador do Birmingham Martin Taylor, aos 3 minutos de partida. Muitos jogadores ficaram visivelmente abalados com a gravidade do lance. Eduardo foi operado em Birmingham no próprio sábado, e no domingo foi transferido para um hospital de Londres. Apesar das imagens chocantes do lance, a gravidade da contusão parece não ser tão séria quanto se imaginou. Após avaliações de médicos do clube e cirurgiões ortopedistas, foi estabelecido um período de recuperação para o jogador. "Eduardo terá sua perna engessada e estará usando muletas nas próximas seis a oito semanas. Depois disso, ele fará exercícios de reabilitação em um processo lento", disse o Arsenal em comunicado. "Espera-se que Eduardo esteja correndo novamente em seis meses e esteja completamente recuperado após nove meses." O Arsenal disse que Eduardo deve receber alta do hospital nos próximos dias.

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo da SilvaCampeonato Inglês

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.