Vitor Silva/Divulgação
Vitor Silva/Divulgação

Eduardo Hungaro celebra apoio da torcida do Botafogo em vitória

Para o técnico, apoio vindo das arquibancadas foi fundamental

Agência Estado

12 de fevereiro de 2014 | 10h40

RIO - A presença de mais de 30 mil torcedores do Botafogo no Maracanã na vitória por 2 a 0 sobre o San Lorenzo, na noite de quarta-feira, na estreia da equipe na fase de grupos da Copa Libertadores, empolgou o técnico Eduardo Hungaro. Ele apontou o apoio vindo das arquibancadas como fundamental para o resultado e destacou que a sinergia entre torcedores e time pode levar o Botafogo longe na competição.

"O torcedor deu mais um show e nos empurrou para a vitória. Se isso continuar assim, é inimaginável onde poderemos chegar. Essa competição exige isso, torcida cantando, se manifestando, jogando junto. Devem se sentir como parte dessa vitória", disse Húngaro.

O técnico do Botafogo, porém, descartou qualquer euforia com o triunfo sobre o San Lorenzo, considerado o adversário mais forte do Grupo 2 da Libertadores. "Estão todos felizes, mas com os pés no chão. Foi apenas um jogo. Foi importante a vitória, mas o mais importante é sempre o próximo time. Não podemos dar peso maior a esse ou àquele adversário. Foi importante vencer", afirmou.

Hungaro também exaltou a atuação do atacante Wallyson, que marcou um dos gols do Botafogo na partida, e o seu entendimento com Ferreyra no setor ofensivo. "Mais um bom jogo, ainda está em busca da melhor performance. Não é fácil jogar naquele setor e ainda causar dificuldades aos defensores. Taticamente foi ainda superior ao primeiro jogo, embora tenha feito três gols. Completa bem a dupla com o Ferreyra, é o homem que roda. É móvel, com técnica e capacidade de finalização", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.