Igor Sales/Cruzeiro
Igor Sales/Cruzeiro

Egídio exalta importância de liderança do Mineiro e mira vitória contra a URT

Equipes se enfrentam neste domingo, no Zama Maciel, pelo Estadual

Redação, Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2019 | 21h37

O empate diante do América-MG no último domingo, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, fez o Cruzeiro cair para a terceira colocação na tabela. Por mais que se classifiquem à próxima fase os oito primeiros, o lateral Egídio exaltou a importância de alcançar a liderança e, por isso, cobrou uma vitória diante da URT neste domingo, no Zama Maciel.

"Não ficamos satisfeitos com o empate contra o América-MG. Vem agora o jogo contra a URT e precisamos vencer. Independente da dificuldade que vamos encontrar, temos que superar e voltar com os três pontos no Mineiro", declarou nesta quinta-feira. "Estamos em terceiro lugar com 15 pontos, junto com o América-MG. Faltam quatro jogos para brigarmos pela liderança e tentar terminar em primeiro na tabela."

Egídio exaltou o adversário, que é o nono colocado no momento, mas avaliou que o Cruzeiro tem a obrigação de conquistar os três pontos. "Sabemos que é um jogo difícil, que não tem jogo fácil. Vamos para tentar ganhar o jogo. Onde o Cruzeiro vai, vai para vencer."

Titular absoluto em 2018, o lateral ganhou a concorrência de Dodô para esta temporada. O Cruzeiro, aliás, não poupou em contratações e trouxe ainda nomes como os de Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Orejuela. Se no ano passado o time conquistou o Mineiro e a Copa do Brasil, a expectativa para 2019 é ainda maior.

"Vejo o Cruzeiro mais forte. No ano passado, ganhamos duas competições no ano e o Cruzeiro se tornou o único hexacampeão da Copa do Brasil. Todos sabem que temos um elenco forte. Quando você tem um elenco forte, todas as posições terão brigas acirradas, e isso é bom para o time. Essa disputa aí vai ser durante a temporada. Vejo isso como ponto positivo", afirmou.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Cruzeiro Esporte Clubefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.