Egídio vê adversários 'precavidos' contra Cruzeiro em BH

Para o lateral, retrospecto positivo da equipe no Mineirão intimida os rivais e conta muito na hora dos confrontos realizados em casa 

Estadão Conteúdo

18 de agosto de 2014 | 20h57

Como no ano passado, quando terminou com o título nacional, o Cruzeiro tem se aproveitado muito bem do fator casa no Campeonato Brasileiro desta temporada. Em sete partidas atuando como mandante até o momento, foram seis vitórias e um empate. Este único "tropeço" aconteceu no Parque do Sabiá, ou seja, no Mineirão a equipe só triunfou. Para o lateral Egídio, isso intimida os rivais que vão a Belo Horizonte.

"No ano passado alcançamos uma marca muito boa e neste ano não está sendo diferente, talvez até melhor. Com certeza os times que vêm jogar aqui atuam de maneira mais precavida. O Grêmio é um adversário difícil, mas nós temos que nos empenhar ao máximo porque assim vamos ter tudo para conquistar os três pontos e continuarmos firmes na liderança", declarou nesta segunda-feira.

Depois de uma vitória em casa sobre o Santos, no domingo, o Cruzeiro volta a atuar no Mineirão nesta quinta-feira, desta vez diante do Grêmio. E Egídio tem confiança de que a força da torcida voltará a ser fundamental para que o líder do campeonato consiga triunfar mais uma vez em seus domínios.

"Neste último jogo, os torcedores foram o nosso 12.º jogador, apoiaram do início ao fim e isso se somou ao nosso empenho em campo, o que acabou nos dando a vitória. Espero que com a força da torcida e a nossa dedicação dentro de campo nós possamos conquistar mais uma vitória diante do Grêmio", disse o lateral.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroEgídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.