Mark Kerton / AP
Mark Kerton / AP

Egípcio Elneny deverá estar recuperado para a Copa do Mundo, diz Wenger

Volante deve perder o fim da temporada europeia, no entanto; Özil, Wilshere e Cech poderão jogar próxima partida

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2018 | 12h34

O técnico do Arsenal, Arsène Wenger, deu uma mensagem de alívio ao torcedor da seleção egípcia. Nesta quarta-feira, o treinador do time londrino apontou que o volante Mohamed Elneny deverá estar recuperado a tempo de defender o seu país na Copa do Mundo da Rússia.

+ Wenger indica que desejava permanecer no Arsenal: 'Não foi minha decisão'

+ Jogador do Egito na Copa de 90 aposta em Salah por boa campanha na Rússia

Elneny lesionou o tornozelo esquerdo e precisou deixar o campo em uma maca no último domingo, durante o triunfo do Arsenal sobre o West Ham, em partida válida pelo Campeonato Inglês. Mas o treinador também avisou que o volante dificilmente voltará a defender o time londrino na reta final da temporada 2017/2018 do futebol europeu.

"Está fora certamente do restante da temporada (do Arsenal), mas acho que ele estará disponível para o Egito na Copa do Mundo", afirmou Wenger, na véspera do duelo entre o Arsenal e o Atlético de Madrid, em Londres, pelas semifinais da Liga Europa.

Elneny é peça-chave da seleção do Egito, que não se classificava para a Copa do Mundo desde a edição de 1990, tendo feito parte da equipe que disputou a Olimpíada de 2012 e da que foi vice-campeã da Copa Africana de Nações em 2017. Na Rússia, a estreia dos egípcios na Copa será em 15 de junho, diante do Uruguai, em duelo válido pelo Grupo A.

Além de Elneny, o Arsenal também não contará com Henrikh Mkhitaryan, que segue em recuperação de lesão, no duelo com o Atlético de Madrid. Em compensação, Mesut Özil, Jack Wilshere e Petr Cech participaram do treinamento desta quarta-feira e poderão ser aproveitados por Wenger.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.