Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Amr Abdallah Dalsh/Reuters

Egito e Madagáscar vencem e garantem liderança em seus grupos na Copa Africana

Salah marcou um dos gols na vitória da seleção egípcia sobre Uganda por 2 a 0

Redação, Estadao Conteudo

30 de junho de 2019 | 18h26

Egito e Madagáscar garantiram os respectivos primeiros lugares de suas chaves na abertura da terceira e última rodada da fase de grupos da Copa Africana de Nações, que está sendo disputada no Egito. Pelo Grupo A, os donos da casa contaram com o astro Mohamed Salah para superar Uganda por 2 a 0, enquanto que a sensação do torneio bateu a favorita Nigéria pelo mesmo placar na chave B.

No Cairo, com as duas seleções já classificadas às oitavas de final desde a rodada anterior, os egípcios não tiveram grandes dificuldades para definir o duelo contra os ugandenses, que ainda buscavam terminar com a liderança do grupo, com dois gols no primeiro tempo. Craque do Liverpool, Salah abriu o placar aos 36 minutos e deixou para o meia El Mohamady, do Aston Villa, fechar o marcador aos 45.

O resultado deixou os anfitriões do torneio com 100% de aproveitamento, chegando aos nove pontos. Já Uganda ficou com seus quatro, em segundo. Em terceiro na chave e ainda aguardando para saber se vai à próxima fase como um dos quatro melhores terceiros colocados, a República Democrática do Congo (ex-Zaire) goleou o Zimbábue por 4 a 0, chegando aos seus primeiros três pontos no torneio e eliminando o adversário deste domingo, que ficou com um.

Pela chave B, o grande destaque deste domingo foi a vitória de Madagáscar sobre a Nigéria, em Alexandria. Com seis pontos e precisando apenas de um empate para seguir às oitavas como líderes, os nigerianos acabaram derrotados por uma seleção que pela primeira vez disputa a Copa Africana de Nações. Os gols do jogo foram anotados por Nomenjanahary e Andriamatsinoro, deixando Madagáscar na ponta, agora com sete pontos.

Disputado em horário simultâneo, o outro jogo do Grupo B manteve as chances da Guiné, que bateu por 2 a 0 o já eliminado Burundi (sem pontuar) e está em terceiro, com quatro pontos.

Nesta segunda-feira, será a vez das seleções dos grupos C e D definirem o seu futuro na disputa. Na chave C, com ambos os jogos ocorrendo às 16 horas (de Brasília), o Quênia, que tem três pontos, joga pela vaga contra o Senegal (também três) e a Tanzânia (zero) enfrenta a líder e já qualificada Argélia (seis).

Pelo Grupo D, mais cedo, às 13 horas, a desesperada Namíbia, que ainda não pontuou, pega a vice-líder Costa do Marfim (três pontos), enquanto que a terceira colocada África do Sul (três, mas saldo inferior), no mesmo horário, tenta a classificação diante do Marrocos (seis), que, por sua vez, defende a liderança.

Tudo o que sabemos sobre:
Mohamed Salahfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.