Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

'El Loco' Abreu chega ao Botafogo e vibra com Zagallo

Atacante uruguaio recebeu a camisa 13 das mãos de um dos ídolos do clube de General Severiano

AE, Agencia Estado

06 de janeiro de 2010 | 14h17

O atacante uruguaio Sebastian ''El Loco'' Abreu foi apresentado com festa, nesta quarta-feira, como reforço de peso do Botafogo para a temporada de 2010. O jogador, de 33 anos, recebeu a camisa 13 das mãos de Zagallo, ídolo do clube e ex-técnico da seleção brasileira, depois de pedir para vestir o número com o qual mais se identifica.

 

Veja também:

link Botafogo anuncia acerto com atacante Herrera

Famoso também pela superstição com o número 13, Zagallo festejou a chegada de Abreu. "É uma satisfação grande estar em General Severiano, já que aqui vivi 12 anos da minha vida esportiva, sendo campeão diversas vezes. Tenho de me recordar do Garrincha, do Didi, do Nilton Santos, do Quarentinha, do Amarildo, enfim de todos aqueles que proporcionaram grandes vitórias ao clube. Agora, estou ao lado de um grande artilheiro do futebol uruguaio. Tenho certeza de que com essa camisa ele fará muitos gols e dará alegrias a todos nós", afirmou Zagallo, em entrevista publicada pelo site oficial do Botafogo.

Já Abreu agradeceu aos torcedores que compareceram ao clube para prestigiá-lo em sua apresentação oficial e ainda falou sobre a sua admiração por Zagallo. "Primeiro tenho de agradecer ao clube. É uma experiência única vestir a camisa de um fenômeno como o Zagallo. Já é algo que ficou marcado para mim. Agradeço também ao grupo e à torcida, pela recepção. Tenho a dizer que venho com a mentalidade de glórias e títulos aqui", ressaltou.

O jogador também comentou a preferência pelo número 13, que também veste na seleção uruguaia. Usando a camisa com o número, o jogador marcou o gol no empate por 1 a 1 com a Costa Rica, pela repescagem da Copa do Mundo de 2010, no jogo que classificou o país para o Mundial, depois de vitória por 1 a 0 no confronto de ida.

"O 13 me dá sorte. Representa força, sacrifício e pensamento positivo. É também é uma forma de mostrar que o 13 não é um número de azar, sempre me trouxe coisas boas", reforçou Abreu.

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, também festejou a chegada do jogador. "É um grande prazer anunciar oficialmente a contratação do segundo maior artilheiro da história da seleção uruguaia, que colocou o seu país na Copa do Mundo. Ele me fez um pedido especial: continuar a usar a 13. Quando me fez o pedido, a primeira imagem que me veio à cabeça foi a do Lobo Zagallo, maior campeão como jogador e treinador. Nos orgulha muito ele ter vestido e agora entregar a 13 para Loco Abreu", disse o dirigente, justificando o convite a Zagallo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoLoco AbreuZagallo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.