Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Elano comemora 'noite memorável' do Santos e exalta peso de triunfo no Rio

Técnico se anima com vitória alvinegra sobre o Flamengo, fora de casa, por 2 a 1

Estadão Conteúdo

26 Novembro 2017 | 22h46

O técnico interino Elano não escondeu a sua satisfação ao comentar a vitória por 2 a 1 que o Santos conquistou sobre o Flamengo, de virada, na noite deste domingo, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, onde o time paulista assegurou a sua classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores.

+ MORELLI - Fim de linha para Muralha, Rodrigo e o árbitro fortão Daronco

Ao festejar o triunfo, o treinador exibiu um misto de alívio e alegria por ter conquistado este importante objetivo em um momento conturbado do clube, que afastou Lucas Lima do time na semana do confronto com a equipe carioca enquanto o meio-campista decide o futuro de sua carreira. Com contrato só até o final do ano, ele não vestirá mais a camisa do Santos.

"É uma noite muito memorável. Vivo uma experiência difícil", ressaltou Elano, em entrevista coletiva, na qual também exaltou o peso do triunfo fora de casa diante de um adversário que também luta para assegurar sua classificação à Libertadores. "Estive no Flamengo e sei o que significa jogar aqui", enfatizou, para depois reconhecer que essa também é para ele uma "noite especialíssima como treinador".

O interino também preferiu parabenizar os seus atletas e não ficar dando importância às falhas cometidas por Muralha nos dois gols do time santista. "Os jogadores estão de parabéns. O Ricardo Oliveira foi bem (ao roubar a bola do goleiro no lance do gol de empate do Santos), não foi só falha dele (Muralha). Foi mérito dos nossos atletas, que fizeram o que treinamos. Estão de parabéns e estamos na Libertadores", destacou Elano, que também pontuou: "Vencer o Flamengo aqui é muito difícil".

A vitória deste domingo levou o Santos ao terceiro lugar do Brasileirão, com 62 pontos, antes de fechar a sua campanha contra o Avaí, no próximo domingo, às 17 horas, na Vila Belmiro, onde terá como objetivo final lutar para conquistar o vice-campeonato brasileiro, o que lhe renderia uma importante premiação em dinheiro cedida pela CBF.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.