Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Elano revela conversas iniciais para voltar ao Santos e trabalhar na base

Ex-jogador chegou a dirigir o time na reta final do Brasileirão de 2017, mas não se manteve na comissão técnica para a temporada seguinte

Redação, Estadão Conteúdo

28 Dezembro 2018 | 21h45

Demitido do Santos no início de janeiro, quando José Carlos Peres dava seus primeiros passos como presidente do clube, Elano pode fazer em breve o seu retorno à Vila Belmiro. Ainda que tenha desconversado sobre a função que poderá assumir na equipe, o ex-jogador confirmou que tem dialogado com Renato, o executivo de futebol do Santos e seu companheiro na conquista do título brasileiro de 2002. E indicou que o seu futuro pode ser definido em breve.

"Há agora uma oportunidade de eu retornar ao clube. Não tive ainda a ligação para que a gente possa ter esse tipo de conversa. O Renato me ligou, juntamente com o entendimento do Maturana (Marcos Maturana, gerente da base do Santos), que é o executivo da base do Santos hoje. Do meu ponto de vista, não guardo nenhum tipo de rancor", afirmou Elano em entrevista ao Fox Sports.

Elano iniciou a sua carreira profissional no Santos e possui ligação estreita com o clube, tanto que teve outras duas passagens como jogador pela Vila Belmiro. Ele faturou duas vezes o Brasileirão (2002 e 2004), conquistou o Campeonato Paulista em quatro oportunidades (2011, 2012, 2015 e 2016), além de ter vencido a Copa Libertadores em 2011.

Em 2017, Elano chegou a dirigir o Santos na reta final do Brasileirão, após a saída de Levir Culpi. Mas não se manteve na comissão técnica para a temporada seguinte, em decisão considerada política, já que o opositor Peres superou Modesto Roma Junior na eleição presidencial. Caso um ano depois da sua demissão, ele tentou encarar a sua queda com naturalidade.

"A minha demissão foi ruim pela maneira que aconteceu. Foi feita por telefone, o que não é legal. Eu não me revolto, não me entristeço. Quando há uma troca e o presidente do clube acha que deve fazer uma mudança dentro do clube, não vejo problemas", disse.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Santos Futebol ClubeElano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.