Elder Granja nega favoritismo do Palmeiras

Lateral-direito diz que clássico paulista será difícil para as duas equipes, apesar do jogo ser no Palestra Itália

Redação, estadao.com.br

15 de outubro de 2008 | 13h42

Depois das palavras de Leandro e Diego Souza, chegou a vez do lateral-direito Elder Granja comentar sobre o clássico paulista entre Palmeiras e São Paulo, que acontece neste domingo, às 16 horas, no Palestra Itália.Veja também:Ingressos para clássico paulista estão esgotadosTécnicos fazem duelo dos reis dos pontos corridosLuxemburgo admite vantagem por jogar no Palestra ItáliaTécnico Muricy Ramalho dispara contra confiança do Palmeiras Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoAo contrário de seus companheiros, que vêem o Palmeiras como sendo o favorito para o clássico, Elder Granja diz que o time alviverde não terá vida fácil diante do São Paulo. "Será um jogo difícil, pois as equipes se conhecem, os jogadores se conhecem. Não existe favoritismo, não. Claro que a gente tem um pouco vantagem, mas clássico não tem dessas coisas."No começo da semana, Diego Souza e Leandro disseram que o Palmeiras é o favorito no clássico pelo desempenho do clube no Palestra, beirando os 90% na temporada. O técnico Vanderlei Luxemburgo corroborou com as declarações de seus atletas, dizendo que não havia desrespeito algum para com o São Paulo.Já Muricy Ramalho desdenhou principalmente da declaração de Leandro - este disse que o Palmeiras tem 70% de favoritismo -, e preferiu dar ênfase aos treinamentos realizados durante esta semana para o clássico paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.