Eldorado Brasilis completa quarto dia

A 6ª Regata Eldorado Brasilis - a de maior percurso em águas brasileiras - está em seu quarto dia de competição e o veleiro Tangaroa 1 lidera, até o momento, faltando 69 milhas para chegar à Ilha de Trindade. O Tangaroa 1 é seguido pelo Kanaloa, a 250 milhas da ilha (cada milha náutica corresponde a 1,852 quilômetros). Os internautas podem acompanhar a regata e posições das embarcações por meio do site oficial: www.eldoradobrasilis.com.br/index.htm. O veleiro Galileu nem chegou a largar por falta de equipamento. Outras duas embarcações deixaram a competição: o Farasan, por problemas com as velas, e o Poesia, devido ao mastro quebrado às 19h de ontem (18). Não houve vítimas e o veleiro já está retornando a Vitória. A Regata Eldorado Brasilis é uma competição idealizada e realizada pela Rádio Eldorado de São Paulo, com patrocínio da Porto Seguro Seguros, Cenoura & Bronze e Ameni Legalização Imobiliária. A competição ainda conta com a parceria da Marinha do Brasil, Prefeitura Municipal de Vitória, Iate Clube do Espírito Santo, Federação Capixaba de Iatismo e as empresas que compõem o Grupo Estado. HISTÓRICO - Na regata do ano passado participaram 17 embarcações, que percorreram 1.260 milhas náuticas, o equivalente a 2.339 quilômetros. O vencedor foi o veleiro Oi/Nokia/Sorsa, comandado pelo campeão olímpico Eduardo Penido, que alcançou o recorde da prova, navegando 174 horas e 7 minutos - 7 sete horas a menos que o recorde anterior, de 2001. A Regata Eldorado Brasilis foi lançada em 2000 com a participação de seis veleiros. Na edição seguinte, em 2001, nove veleiros participaram da regata - a mais difícil prova de vela oceânica, compensada pela oportunidade de aprimoramento nos conhecimentos em navegação, atualização nos equipamentos fixos das embarcações, disciplina e convivência a bordo, durante 12 dias (média) de competição entre ida e volta. Em 2004 teve mais de R$ 2 milhões em retorno de mídia espontânea.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.