Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Eleição do Corinthians deixa futuro de Carille incerto no clube

Treinador conta com o apoio até da oposição, mas renovação de contrato ainda não foi discutida

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2017 | 07h00

Fábio Carille é o técnico do momento no futebol brasileiro, com os 30 jogos de invencibilidade, o título do Paulista e a liderança com folga no Brasileiro. Mas a política no Corinthians deixa o futuro do treinador incerto e existe a possibilidade de ele deixar o clube no fim da temporada.

O treinador tem contrato com o Corinthians até dezembro e, segundo o Estado apurou, ainda não foi procurado por ninguém da diretoria para tratar do assunto. Existe um temor no clube de que a valorização dele, pelos bons resultados, faça com que a negociação fique mais complicada no fim do ano.

Recentemente, Carille contou ter recebido uma sondagem da China. Segundo pessoas próximas, o salário seria “cinco ou seis vezes mais” do que ele recebe no Corinthians, mas o treinador não quis nem abrir negociação.

A ideia do presidente Roberto de Andrade é conversar com todos os possíveis pré-candidatos à eleição do clube, que será realizada em fevereiro do ano que vem, para saber o que eles pensam sobre o treinador. Caso todos concordem, abrirá negociações para renovar o vínculo do treinador. 

Se a resposta for negativa, o assunto será discutido apenas no fim do ano e existe a possibilidade de outro técnico ser contratado para 2018. O problema, neste caso, é que a eleição só será realizada quando o Campeonato Paulista já estiver sendo disputado. 

Neste momento, Carille conta com o apoio de todos os grupos políticos do clube, até mesmo dos mais tradicionais. O treinador não demonstra preocupação com o tema. Ele está focado na disputa do Brasileiro e da Copa Sul-Americana e espera aproveitar da melhor forma possível a grande oportunidade de sua carreira. Ele sabe que conquistando grandes resultados com a equipe, sua renovação de contrato se tornará algo natural e, hoje, seu maior objetivo é permanecer no clube. 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.