Ricardo Saibun/Santos FC
Ricardo Saibun/Santos FC

Eleição presidencial do Santos terá 6 participantes; conheça os candidatos

Pleito será realizado no próximo dia 12 de dezembro, e sócios poderão optar entre votar presencialmente ou de forma digital

Leandro Silveira, O Estado de S. Paulo

23 de novembro de 2020 | 05h00

A eleição presidencial do Santos terá seis candidatos, um número recorde no clube. O prazo para inscrições das chapas se encerrou no último domingo, chegando ao fim com os registros dos nomes de Fernando Silva, Milton Teixeira Filho, Ricardo Agostinho, Andrés Rueda, Rodrigo Marino e Daniel Curi como participantes. A votação para definição do novo presidente do Santos está agendada para 12 de dezembro. O clube definiu duas formas para a participação dos sócios na eleição. Eles poderão votar presencialmente, na Vila Belmiro ou na sede da Federação Paulista de Futebol, ou de modo digital, algo inédito na história da equipe.

O presidente eleito do Santos comandará o clube no período de 2021 a 2023. O vencedor vai suceder Orlando Rollo, que está à frente da gestão desde o fim de setembro. Inicialmente, ele assumiu o cargo interinamente, pois José Carlos Peres foi afastado pelo Conselho Deliberativo - a decisão se deu por gestão temerária, em função da reprovação das contas de 2019.

A definição dos conselheiros, porém, precisavam do aval dos sócios, algo que ocorreu no último domingo, com apoio de 93% dos participantes da Assembleia Geral Extraordinária, que aprovaram o impeachment. Agora, os associados do Santos votarão novamente, mas para definir o novo presidente do clube.

Confira quais são os candidatos à presidência do Santos:​

Chapa 1 - O Santos Pode Mais

Presidente: Fernando Silva

Vice: Reinaldo Guerreiro

Fernando Silva foi consultor de futebol do Santos em 2010 e 2011, sendo considerado o "homem-forte" da gestão do departamento de futebol do então presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro. Em 2014, disputou a eleição presidencial do clube, mas perdeu, assim como em 2001. Ele é CEO da PW Tech, startup com atuação nas áreas de saúde e saneamento no Brasil.

Chapa 2 - Tradição e Inovação

Presidente: Milton Teixeira Filho

Vice: José Macedo Reis

Milton Teixeira Filho é advogado e empresário. Ele é filho do ex-presidente santista Milton Teixeira e irmão do também ex-presidente Marcelo Teixeira, que nesse momento comanda o Conselho Deliberativo.

Chapa 3 - Transforma, Santos

Presidente: Ricardo Agostinho

Vice: Ronald Monteiro

Ricardo Agostinho é publicitário. Ele iniciou sua carreira profissional na diretoria comercial da afiliada da Rede Bandeirantes em Vitória (ES). Hoje atua na área de varejo da indústria farmacêutica. Ele não possui cargos na gestão do Santos em seu currículo.

Chapa 4 - União pelo Santos

Presidente: Andrés Rueda

Vice: José Carlos Oliveira

Andres Rueda foi membro do Comitê de Gestão do Santos durante a presidência de Peres, mas entregou o seu cargo alegando discordâncias em relação ao atual mandatário. Ele foi o segundo colocado na eleição presidencial de 2017. É aposentado do ramo de comunicações.

Chapa 5 - Renova Santos

Presidente: Rodrigo Marino

Vice: Ademir Quintino

Rodrigo Marino é profissional do ramo de transportes. Ele é sobrinho de José Rubens Marino, que exerceu a vice-presidência de futebol, sendo dirigente do time campeão paulista de 1978, da primeira geração dos "Meninos da Vila".

Chapa 6 - Santos da Virada

Presidente: Daniel Curi

Vice: Ariovaldo Feliciano

Daniel Curi é  já foi conselheiro por quatro mandatos, além de ter presidido a Comissão de Inquérito e Sindicância de 2015 a 2017 e ocupado a 1º Secretário da Mesa do Conselho Deliberativo de 2018 à agosto deste ano. É advogado especialista em gerir crises financeiras em empresas e associações.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.