Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Eleito o melhor do Campeonato Francês, Mbappé abre possibilidade de deixar o PSG

'Eu sinto que é o momento de eu ter mais responsabilidades', afirmou o campeão do mundo em 2018 com a França

Redação, Estadão Conteúdo

20 de maio de 2019 | 13h30

O atacante Kylian Mbappé conquistou, na noite de domingo, dois prêmios em uma cerimônia da União Nacional de Jogadores Profissionais (UNFP, na sigla em francês) que elege os melhores do Campeonato Francês. O jogador do Paris Saint-Germain foi eleito o melhor jogador e o melhor jovem atleta da competição e aproveitou a ocasião para dar algumas declarações que têm repercutido. A mais relevante delas é a possibilidade de deixar o clube em breve.

"Eu sinto que é o momento de eu ter mais responsabilidades. Talvez aqui em Paris, e isso seria ótimo, ou então em algum outro lugar, com um novo projeto", afirmou Mbappé, no palco da cerimônia, em um surpreendente discurso após receber o troféu.

Após o evento, o atacante foi novamente questionado sobre sua declaração. "Eu acho que já expliquei, já falei tudo. É o objetivo de uma cerimônia. Quando você está no palco você pode passar uma mensagem e eu acho que fiz isso. Se eu continuar falando vai ser demais. E essa não é a mensagem que eu quero falar", disse o francês.

Em outro momento, Mbappé também comentou sobre quem é o favorito para o prêmio Bola de Ouro. O título em questão é dado pela revista France Football ao melhor jogador do mundo no ano. "Messi (deve ganhar este ano), a eliminação na Liga dos Campeões não mudou nada. Ele é o número 1 e mostrou que é o melhor jogador do mundo esse ano. O ano vai até dezembro, mas tenho certeza que ele jogará bem até dezembro", analisou.

Outra possibilidade, ainda que difícil, é superar o craque argentino no prêmio Chuteira de Ouro, do goleador das principais competições da Europa. Messi, do Barcelona, terminou a temporada com 36 gols, enquanto que Mbappé acumula 32, faltando ainda uma partida do Campeonato Francês - contra o Reims, fora de casa -, neste final de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.