Thanassis Stavrakis/AP
Thanassis Stavrakis/AP

Eleito o melhor, Pickford diz: 'Nem era nascido quando Inglaterra fez semi em 90'

Goleiro é um dos destaques da Inglaterra na Copa do Mundo e comemora vitória sobre a Suécia

Gonçalo Junior, enviado especial / Samara, O Estado de S.Paulo

07 Julho 2018 | 14h54

Embora a Inglaterra tenha controlado o jogo em boa parte da vitória sobre a Suécia por 2 a 0, neste sábado, em Samara, o goleiro Jordan Pickford foi um dos destaques da partida. Ele garantiu a tranquilidade do confronto que colocou os ingleses entre os semifinalistas pela primeira vez desde 1990. Ele fez pelo menos três defesas importantes e garantiu a vantagem de dois gols até o final da partida. Por isso, foi escolhido como o melhor da partida.

+ Inglaterra derrota a Suécia e garante vaga na semi

+ Saiba quais serão os horários das semifinais

+ Veja quem são os artilheiros da Copa do Mundo

Na entrevista coletiva após o jogo, fez questão de agradecer o carinho da torcida, que protagonizou uma grande festa em Samara. Foi a primeira vez que o canto inglês surgiu com força em Moscou. "Os torcedores ingleses têm uma força diferente. Quando eles cantam, nós ficamos felizes dentro de campo. Essa vitória também é para eles", afirmou o goleiro.

A Inglaterra está na semifinal da Copa do Mundo após 28 anos. Agora espera o vencedor do confronto entre Rússia e Croácia. A semifinal com presença inglesa será na quarta-feira, em Moscou. Para o goleiro, o time do técnico Gareth Southgate tem a chance de escrever a própria história.

"Eu não era nascido quando a Inglaterra chegou às semifinais. Nós estamos em um bom momento, o time está unido e as coisas estão dando certo dentro de campo. Estamos fazendo coisas importantes e temos a chance de fazer nossa própria história", disse o jogador.

 

Aos 24 anos, o arqueiro vem superando a desconfiança para ser titular da Inglaterra. Ele herdou a vaga de Joe Hart, que caiu de rendimento nos últimos ciclos de Copa do Mundo e perdeu espaço de vez na seleção. Os goleiros convocados são Jack Butland e Nick Pope, além do próprio Pickford. "Fiz uma boa temporada. Estou treinando forte todos os dias, assim como meus companheiros. A performance é consequência dos treinamentos".

Pickford atuou como titular nas cinco partidas da Inglaterra na Copa do Mundo. Nas oitavas de final, ele teve atuação decisiva ao defender o pênalti de Bacca. Imagens de TV flagraram o momento em que recebeu informações da comissão técnica sobre as preferências dos colombianos por meio de uma mensagem colada em uma garrafa de água.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.