Elenco do Botafogo quer atuar contra o Cerro Porteño

O técnico Estevam Soares já adiantou que deve poupar cinco ou seis jogadores na primeira partida de quartas de final da Copa Sul-Americana, contra o Cerro Porteño, quarta-feira, no Paraguai, mas não adiantou quem serão os escolhidos. Em dúvida sobre quem jogará, o elenco se mostrou disposto a atuar.

AE, Agencia Estado

20 de outubro de 2009 | 21h43

"Eu gosto de jogar, mas a decisão é do treinador. Se o Estevam achar que devo ficar no banco, não tem problema. Estou à disposição", afirmou o meia Lúcio Flávio.

Como estava suspenso e desfalcou o Botafogo na partida contra o Cruzeiro, o zagueiro Juninho deve ser escalado. Ele se diz pronto para o desafio. "Todo mundo viajou, mas ninguém sabe quem vai jogar. Estou pronto, se o Estevam decidir por mim", disse o jogador.

Já para Rodrigo Dantas, a equipe tem condições de focar as duas competições. "O pensamento é sair dessa situação no Brasileirão e também conquistar a Sul-Americana. Em ambos os casos, o Botafogo depende apenas das suas forças", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.