Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Elenco do Cruzeiro valoriza atuação e cita falta de sorte após empate

Equipe de Mano Menezes ficou no 0 a 0 com o Corinthians em pleno Mineirão

Redação, Estadão Conteúdo

08 de junho de 2019 | 22h02

O Cruzeiro bem que tentou, mas não conseguiu furar a defesa do Corinthians. Logo após o empate sem gols, na noite deste sábado, no Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o elenco cruzeirense valorizou o desempenho na partida.

"Às vezes, a gente precisa de um pouco de sorte. Infelizmente, hoje, a gente não teve. Até chutamos uma bola na trave com o Dodô. Precisamos continuar lutando, jogamos bem, melhoramos em relação ao que vínhamos fazendo", afirmou o volante Ariel Cabral.

Com a igualdade, o Cruzeiro segue próximo à zona de rebaixamento, com apenas oito pontos. Dodô, porém, fez questão enaltecer os pontos positivos exibidos pela equipe mineira diante do Corinthians.

"Acabou que, naquele lance, a bola pegou na parte de fora da trave e não acabou não entrando. O Walter mostrou que é um grande goleiro, fez uma bela atuação. Nosso time voltou a jogar compacto, ponto positivo dessa noite é esse. Agora, vamos para Fortaleza pra tentar buscar os três pontos", completou o lateral-esquerdo.

O jogo que se referiu Dodô é o da próxima quarta-feira, contra o Fortaleza, às 21 horas, no Castelão, em Fortaleza. Será o último do time antes da pausa do Brasileirão por causa da Copa América.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.