Patrick Floriani/FFC
Patrick Floriani/FFC

Elenco do Figueirense encerra greve e Hemerson Maria deve repetir escalação

Presidente apresentou plano para o Conselho Deliberativo do clube para sanar a crise financeira da equipe

Redação, Estadão Conteúdo

18 de julho de 2019 | 19h15

O técnico Hemerson Maria fez nesta quinta-feira o segundo e último treino em preparação para o confronto diante do Londrina, marcado para sexta-feira, às 19h15, no estádio Orlando Scarpelli. As atividades foram fechadas à imprensa, mas o treinador deverá repetir a escalação da goleada diante do América Mineiro.

O time catarinense anunciou greve devido a salários atrasados e apresentou uma lista de pendências ao presidente Cláudio Honigman, da Elephant, gestora do clube. O dirigente prometeu sanar as dívidas em dez dias, fazendo assim com que o elenco voltasse a treinar normalmente.

No entanto, o Figueirense ainda corre risco de ser punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por não cumprir regras trabalhistas. A entidade deu 15 dias para o clube catarinense regularizar a situação. A equipe pode perder pontos na Série B do Campeonato Brasileiro.

O Conselho Deliberativo esteve reunido nesta quinta-feira e analisou o plano apresentado por Cláudio Honigman para acabar com a crise financeira. O teor da conversa não foi divulgado para a imprensa, mas a promessa é que tudo seja revelado através de uma coletiva de imprensa, a ser realizada provavelmente na próxima semana.

Apesar da situação, o time vem fazendo um bom campeonato. O Figueirense tem 16 pontos, próximo da zona de acesso à elite do futebol brasileiro.

O provável Figueirense para o duelo contra o Londrina tem: Denis; Victor Guilherme, Alemão, Ruan Renato e Matheus Destro; Zé Antônio, Betinho e Tony; Felipe Mateus, Willian Popp e Rafael Marques.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.