Figueirense/Site Oficial
Figueirense/Site Oficial

Elenco do Figueirense mantém greve e não treina pelo segundo dia seguido

Diretoria não paga parte dos salários atrasados do elenco e da comissão técnica

Redação, Estadão Conteúdo

16 de julho de 2019 | 18h31

De nada adiantou a diretoria do Figueirense pagar parte dos salários atrasados do elenco e da comissão técnica nesta terça-feira. Pelo segundo dia consecutivo, os jogadores foram até o CFT do Cambirela, em Palhoça, na região metropolitana de Florianópolis, mas não treinaram.

Os direitos de imagem de junho e os salários de julho estão em aberto e a diretoria não deu prazo para colocá-los em dia. Insatisfeitos com a situação, os jogadores esperaram a presença do presidente Cláudio Honigman no local, o que não aconteceu.

Sem encontrar o mandatário, o elenco deixou uma lista de exigências como o acerto de todas as pendências financeiras, inclusive dos funcionários, e também dívidas de anos anteriores. Ainda não está definido se a greve vai continuar nesta quarta-feira.

O próximo jogo do Figueirense é nesta sexta, quando faz o confronto direto contra o Londrina, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 10.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os dois times estão empatados com 16 pontos, mas os paranaenses levam vantagem no número de vitórias (5 contra 4).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.