Elenco do Fluminense acredita em reverter vantagem do Flamengo na final

Tricolor perdeu por 1 a 0 na primeira partida da decisão do Campeonato Carioca

Estadao Conteudo

01 Maio 2017 | 10h46

Os jogadores do Fluminense acreditam que a força do grupo será fundamental para que a equipe possa reverter a vantagem obtida pelo Flamengo na primeira partida da final do Campeonato Carioca, neste domingo, no Maracanã - vitória rubro-negra por 1 a 0.

O zagueiro Henrique, capitão do time, reconheceu que a equipe não rendeu o que poderia, principalmente no primeiro tempo do Fla-Flu, mas ressaltou que confia na recuperação para o segundo confronto decisivo contra o rival, no próximo domingo, no Maracanã, às 16 horas.

"A decisão ainda está aberta. Sabemos da nossa capacidade e domingo vai ser bem diferente do que apresentamos nesse primeiro jogo. Temos tudo para reverter esse placar e sair vitoriosos", garantiu o defensor.

O lateral-direito Lucas também acredita na virada e, consequentemente, na conquista do título carioca pelo time tricolor. "Vamos trabalhar pensando no segundo jogo, para tentar reverter a desvantagem. A gente sai vivo e, mesmo perdendo, temos plenas condições de sermos campeões", destacou o lateral.

O atacante Richarlison, artilheiro do Fluminense no Estadual, também confia na evolução da equipe ao longo da semana e aposta na virada no jogo final do Carioca. "Não tem nada perdido. Agora é levantar a cabeça, pois temos mais 90 minutos para reverter o placar. Vamos treinar ao longo da semana, acertar os erros e ouvir o que o Abel tem para falar", revelou o jogador.

O grupo do Flu ganhou folga nesta segunda-feira e retomará os treinamentos na terça, no CT Pedro Antonio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Como o próximo compromisso será somente a finalíssima do Estadual, o time terá a semana inteira para se preparar para o clássico.

Para ser campeão carioca pela 32ª vez em sua história, o Fluminense terá que vencer o Flamengo por dois gols de diferença no jogo da volta. Se ganhar por apenas um gol, a decisão ocorrerá nas cobranças de pênaltis. Nesta decisão, não há vantagem extra por gols marcados na casa do adversário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.