Elenco do Fluminense é recebido com protesto no Rio de Janeiro

Pelo menos 15 torcedores, alguns identificados com camisas de uma das organizadas do clube, vão ao aeroporto xingar os jogadores

Estadão Conteúdo

21 de agosto de 2014 | 16h56

Terminou a paciência de parte da torcida com o Fluminense. Após perder para a Chapecoense na noite de quarta-feira e completar três jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro - além de ter sido goleado no Maracanã e eliminado pelo América-RN na Copa do Brasil -, o time foi recebido sob protestos no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, na tarde desta quinta-feira.

Pelo menos 15 torcedores, alguns identificados com camisas de uma das organizadas do clube, foram ao aeroporto gritar contra os jogadores. Moedas foram atiradas. Entre os gritos de "mercenários" e "time sem vergonha", os torcedores também hostilizaram jogadores. Diego Cavalieri, Fred e Walter foram xingados. Na saída, um carro e uma van com alguns atletas foram atingidos com chutes. 

A derrota para a Chapecoense por 1 a 0 na noite de quarta-feira custou ao Fluminense uma vaga no G4 da tabela do Brasileirão, perdida para o São Paulo. O time ocupa agora o quinto lugar, estacionado nos 26 pontos. E o técnico Cristóvão Borges já balança no cargo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.