Lucas Merçon / Fluminense FC
Lucas Merçon / Fluminense FC

Elenco do Fluminense exalta liderança de Abel após título da Taça Rio

Goleiro Júlio César diz que diferencial da equipe na final foi a união

Estadão Conteúdo

26 de março de 2018 | 07h34

Depois de sofrer com problemas financeiros e perder alguns de seus principais jogadores, como o goleiro Diego Cavalieri, o zagueiro Henrique e o atacante Henrique Dourado, o Fluminense se reabilitou no domingo ao superar o Botafogo por 3 a 0 e conquistar o título da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

+ Abel celebra título e fala que segredo do Fluminense é o 'sonho' e a amizade

+ TST nega recurso de Scarpa, e meia continua vinculado ao Fluminense

E, de maneira unânime, os jogadores escolheram um grande responsável pelo feito: o técnico Abel Braga, que recusou propostas de clubes como Palmeiras e Internacional para permanecer no Fluminense e liderar a equipe até a conquista da Taça Rio.

"Agradeço ao Abel por me dar confiança, ritmo de jogo. Só a gente sabe o quanto trabalha", apontou o lateral-esquerdo Ayrton Lucas. "Esse título dá mais confiança para o nosso time."

Avaliação similar foi feita por Marcos Junior, autor do segundo gol após receber bom passe de Pedro. "O fator principal do título é o Abel. Ele tem sido o principal cara do time neste ano."

O atacante falou ainda sobre sua parceria com Pedro. Argumentou, contudo, que o companheiro ainda precisa melhorar. "Está dando certo. O Pedro às vezes precisa ser mais maduro dentro de campo, mas, aos poucos, ele vai melhorando."

Um dos destaques da decisão, ao fazer grandes defesas nos dois tempos, o goleiro Júlio César apontou a união do elenco como preponderante para o título. "Foi um grande jogo, o Botafogo teve várias oportunidades", avaliou. "O nosso forte é a união. Todos juntos, é esse o caminho."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.