Divulgação
Divulgação

Elenco do São José faz campanha para arrecadar fundos

Equipe paulista está com dois meses de salários atrasados

Estadão Conteúdo

02 de abril de 2015 | 20h13

A dura realidade do futebol do interior de São Paulo cruza com fatos inusitados e lamentáveis. Sem receber há dois meses, o jogadores do São José, que disputa a Série A-3 do Campeonato Paulista, formaram uma comissão para arrecadar fundos e acertar os atrasados.

"Estamos sendo humilhados na cidade. Alguns jogadores estão sendo despejados. Uma humilhação que nenhum homem gostaria de passar. Por isto, resolvemos tomar esta atitude e sair em busca de ajuda", afirmou o zagueiro Rafael Silva, de 34 anos, capitão e um dos líderes do movimento.

Na quarta-feira, os líderes do elenco se reuniram e procuraram o prefeito de São José dos Campos, Carlinhos Almeida (PT). Chegaram a ir à prefeitura e à Câmara Municipal, onde foram recebidos pelo ex-presidente do clube e atual presidente da Casa, o vereador Robertinho da Padaria. Lá eles discutiram ideias para ajudar o time, que representa a cidade.

Além disto, o elenco tem recebido ajuda das arquibancadas. No duelo contra o Sertãozinho, no último sábado, a torcida passou uma "caixa" pelo Estádio Martins Pereira para arrecadar fundo para os jogadores. Os R$ 813 que foram juntados, foram repassados ao elenco.

Apesar do elenco enfrentar um momento complicado, o time responde bem dentro de campo. O São José vem de seis vitórias consecutivas na Série A3. É o sétimo colocado, com 25 pontos e com possibilidades reais de classificação à segunda fase. O objetivo é garantir a vaga e brigar pelo acesso, mesmo tendo apenas 19 jogadores inscritos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão JoséCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.