Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Elenco vê clube acertar ao abrir mão de renda e jogar final na Vila

David Braz diz que 'título' é mais importante que 'dinheiro'

Estadão Conteúdo

21 de abril de 2015 | 19h25

Finalista do Paulistão, o Santos fará o jogo da volta da decisão do Estadual contra o Palmeiras, no dia 3 de maio, na Vila Belmiro. Foi uma escolha da diretoria, apesar da chance que teve de levar a partida ao Pacaembu e faturar alto com a bilheteria. A decisão agradou aos jogadores.

Um dos líderes do elenco, o zagueiro David Braz disse "título" é mais importante que "dinheiro", mesmo num contexto de crise financeira que o Santos atravessa. "Sabemos disso (problemas financeiros) e podemos sofrer com isso. Mas o título do campeonato é mais importante que dinheiro. E se formos campeões, o título pode trazer dinheiro lá na frente, patrocínio e renda", afirmou.

Até mesmo a diretoria do Santos admite que o clube passa por problemas financeiros. O presidente Modesto Roma Jr., que assumiu o clube no fim do ano passado, passou enxugar a folha de pagamento. Esse foi um dos motivos pelos quais o clube negociou jogadores que recebiam salários altos, como Thiago Ribeiro. A exceção é o atacante Robinho, ídolo da torcida. Marcelo Fernandes, que assumiu o time, recebe salário de auxiliar técnico.

DÚVIDA.

O volante Valencia não sofreu lesão grave na semifinal contra o São Paulo, informou o departamento médico do clube. Ainda assim, os médicos não garantem que Valencia terá condição de jogar a final do Paulistão. Por ora, ele é considerado dúvida para enfrentar o Palmeiras, domingo, no Allianz Parque.

O Santos poderá fazer a partida de volta da decisão em seu estádio por ter realizado melhor campanha até aqui no Paulistão. O regulamento da competição, porém, não dá a vantagem de o time jogar por dois empates para ser campeão. Caso não consiga obter ao menos uma vitória neste mata-mata ou ocorram dois placares iguais com triunfos (a favor de um e depois de outro), a decisão do título será nas cobranças por pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCcampeonato paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.