Reuters
Reuters

'Eles merecem alguma felicidade', diz Messi aos jogadores campeões pelo Barcelona

Permanência do astro argentino no clube catalão ainda é incerta, mas ele fez questão de exaltar recente conquista

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2021 | 17h02

Depois de marcar duas vezes sobre o Athletic Bilbao e garantir mais um título para o Barcelona neste sábado, Lionel Messi declarou que os jogadores do clube catalão merecem ser felizes. A conquista da Copa do Rei da Espanha pode ter sido a última de uma longa e vitoriosa relação da equipe com o craque argentino, que ainda tem seu futuro incerto.

Este foi nada menos que a 35ª taça conquistada por Lionel Messi como jogador do Barcelona. É bem verdade que ele não foi o único responsável pelo feito, já que Antoine Griezmann e Frenkie de Jong também fora às redes para sacramentar a goleada por 4 a 0.

"Eu estou muito feliz por este grupo de jogadores porque eles merecem alguma felicidade", declarou Messi ao canal oficial do Barcelona. "É muito especial ser capitão deste clube onde eu passei toda a minha vida, e é uma Copa (do Rei) muito especial para mim, estar apto a levantar o troféu."

Este é o primeiro título do Barcelona desde o Campeonato Espanhol da temporada 2018/2019. Desde então, o clube sofre com problemas que vão desde dentro de campo, como quando perdeu o artilheiro Luis Suárez para o rival Atlético de Madrid, como fora de campo, com inúmeros escândalos envolvendo a gestão.

A última temporada foi a primeira em que o Barça não ganhou uma taça sequer desde 2007/2008, tendo sido finalizada de forma trágica. Na Liga dos Campeões, os catalães foram massacrados pelo Bayern de Munique por 8 a 2, time o qual viria a ser campeão posteriormente. Ronald Koeman então assumiu a frente da equipe com o objetivo de trazer de voltar os tempos gloriosos já vivenciados.

Porém, apesar de poder ser o último título de Messi com o Barcelona, uma taça ainda está em disputa. O Campeonato Espanhol está aberto. O Atlético de Madrid é líder com 70 pontos, mas Real Madrid com 67 e o Barça com 65 estão na cola, nas 2ª e 3ª colocações, respectivamente. Ainda restam oito jogos para o fim da competição.

"Este foi um ano muito difícil para todos nós, então estar dispostos a celebrar este troféu e agora ir atrás da La Liga é muito importante", avaliou Messi. "Mais do que nunca, esse é um ano diferente para nós, um ano de transição, com um monte de jovens jogadores chegando. Agora o time está ficando forte. Nós ganhamos esta taça e ainda temos um longo caminho pela frente na La Liga. Muito ainda vai acontecer entre o momento agora e o fim da temporada", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.