Maurício Val/Vipcomm
Maurício Val/Vipcomm

Elias reclama de cartão após comemoração pelo Fla

Ele escalou as escadas rumo às arquibancadas e comemorou nos braços dos rubro-negros

AE, Agência Estado

29 de julho de 2013 | 19h49

RIO - O volante Elias bem que gostou da nova configuração do Maracanã. Ao marcar nos acréscimos o gol do empate por 1 a 1 no clássico entre Flamengo e Botafogo, domingo, Elias, eufórico, escalou as escadas rumo às arquibancadas e comemorou nos braços dos rubro-negros. No entanto, ele recebeu o cartão amarelo pela atitude.

"Acho que esses estádios novos estão proporcionando isso para a gente, essas novas sensações. Me sufocaram ali, fiquei sem respirar. Mas é bom, futebol é gostoso por causa disso. Mas está ficando chato, daqui a pouco não vai poder nem comemorar gol", criticou o volante. "As pessoas que tomam conta do futebol têm que rever essa sugestão de dar cartão amarelo quando o jogador vai comemorar com a torcida. Na Europa vi até jogador pular na arquibancada, voltar e não ser punido."

A partida, que já seria histórica pelo retorno dos times ao Maracanã, foi ainda mais especial para o jogador, que contou com a torcida presencial da família. "Meu pai, minha mulher e meu filho de um ano e pouco estavam lá. Não tem muito o que falar, gol no Maracanã, no último minuto, em clássico, acho que vou contar para os meus netos", vibrou.

Para o jogo contra o Bahia, quarta-feira, em Salvador, Elias deverá ter um novo parceiro na cabeça de área. O volante Cáceres dificilmente retorna de lesão muscular e Luiz Antônio, depois de ótima exibição no segundo tempo do clássico, deve barrar Diego Silva.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoElias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.