Eliminação do Paraguai foi uma "vergonha", diz Chilavert

O polêmico ex-goleiro da seleção paraguaia, José Luiz Chilavert, qualificou nesta sexta-feira como uma "vergonha" o fracasso da equipe sul-americana na Copa da Alemanha, eliminada na primeira fase. Ele chamou o técnico Aníbal Ruiz de "triste e um pobre acostumado a jogar como perdedor".Titular e capitão do selecionado paraguaio nos Mundiais de 1998 e 2002, Chilavert acrescentou que a eliminação prematura da equipe, depois de duas derrotas nos dois primeiros jogos, foi humilhante. "Foi realmente uma vergonha. Deu pena. Isso nunca aconteceu antes com uma equipe paraguaia", disse à Rádio Cáritas, de Assunção.Desde que deixou a seleção, pouco antes do início das Eliminatórias para a Copa da Alemanha, Chilavert vem criticando o presidente da Associação Paraguaia de Futebol, Oscar Harrison, a quem acusou de má administração e de não ter pago certa quantidade de dinheiro que lhe devia.A classificação ao Mundial acabou abafando as críticas do ex-goleiro. Mas as derrotas diante de Inglaterra e Suécia, ambas por 1 a 0, fizeram com que ele retomasse os ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.