Eliminação não justifica derrota, reconhecem santistas

Jogadores dizem que não podem utilizar a queda na Libertadores como desculpa para a goleada no Mineirão

Agência Estado,

26 de maio de 2008 | 11h37

A eliminação nas quartas-de-final da Libertadores não pode ser usada como desculpa para a derrota de 4 a 0 do Santos para o Cruzeiro, segundo os jogadores do time paulista. A equipe, que caiu diante do América-MEX na quinta-feira, não se encontrou no Mineirão e sofreu a segunda derrota em três jogos no Brasileiro. Veja também: Cruzeiro goleia o Santos e lidera o Brasileirão "Não pode servir de desculpa. Jogamos de uma forma totalmente errada no segundo tempo", afirmou o lateral Kléber, após a partida. O primeiro tempo terminou com vantagem mínima para os mineiros, mas na etapa complementar os santistas permitiram que o adversário construísse uma goleada. "Não temos de explicar nada. Apenas peço desculpas ao nosso torcedor", afirmou o goleiro Fábio Costa, ainda abatido após o resultado. Com três pontos em três partidas, o Santos ocupa a 14ª posição no Campeonato Brasileiro. O time comandado por Emerson Leão volta a campo no próximo domingo, na Vila Belmiro, para o clássico contra o São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.