Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Eliminação no Paulista terá impacto de mais de R$ 10 milhões para o Palmeiras

Clube deixará de receber receitas com premiações, de patrocinador e de bilheteria

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

08 de abril de 2019 | 15h55

A eliminação na semifinal do Campeonato Paulista vai fazer o Palmeiras deixar de receber pelo menos R$ 10 milhões. A queda no último domingo nos pênaltis, diante do São Paulo, traz o impacto financeiro do clube não contar nas próximas semanas com as entradas de recursos vindas da premiação pelo possível título, mais o bônus previsto pelo contrato com a Crefisa e a receita de bilheteria.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) vai pagar ao campeão R$ 5 milhões como recompensa. O Palmeiras ainda teria direito a receber pelo título um valor maior, pois pelo contrato assinado com a Crefisa em janeiro, há uma cláusula que prevê o pagamento de prêmio para os torneios disputados. A conquista do Campeonato Paulista, por exemplo, renderia R$ 4 milhões.

Se tivesse passado pelo São Paulo no último domingo, o Palmeiras ainda poderia contar com a receita de bilheteria para incrementar o caixa. O clube jogaria a segunda partida da decisão no Allianz Parque, com a possibilidade de obter uma alta arrecadação de bilheteria. Só a semifinal teve R$ 2,6 milhões de renda pela venda de ingressos para a torcida alviverde.

Sem o Estadual, o Palmeiras tem como os dois próximos compromissos as rodadas seguintes da Copa Libertadores. Na quarta-feira, o time recebe o Junior Barranquilla, da Colômbia, e duas semanas depois, viaja ao Peru, onde enfrente em Arequipa o Melgar, pela quinta rodada da fase de grupos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.