Eliminada, Lusa usará força máxima contra o Rio Claro

Apesar de apenas cumprir tabela na última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista, o técnico da Portuguesa, Argel Fucks, promete escalar força máxima contra o Rio Claro. O treinador já confirmou que não poupará ninguém para o duelo que acontece neste domingo, às 16 horas, no Estádio do Canindé, em São Paulo.

AE, Agência Estado

21 de março de 2014 | 18h56

Apesar da promessa, o treinador será obrigado a fazer duas modificações. Isso porque o zagueiro Wagner e o lateral-esquerdo Bryan estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e por expulsão, respectivamente. Na zaga, Gustavo atuará ao lado de Diego

Augusto.

O problema para Argel está na lateral esquerda, onde não há reserva imediato. Até hoje, Bryan disputou todos os jogos do Paulistão. A tendência é que o meia canhoto Jean Mota atue no setor, função que cumpriu em diversos momentos na temporada passada.

Quem volta, contudo, é o atacante Leandro. Poupado por conta de dores musculares, o jogador deve recuperar a posição que era ocupada por Caio Mancha. "O Argel já nos falou sobre a importância deste jogo. Precisamos terminar o campeonato de maneira

positiva", comentou.

Desta Portuguesa deve entrar em campo com a seguinte formação: Gledson; Régis, Gustavo, Diego Augusto e Jean Mota; Renan, Willian Magrão, Coutinho e Wanderson; Leandro e Henrique.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.