Divulgação/Benfica
Divulgação/Benfica

Eliminado da Liga dos Campeões por atual técnico do Palmeiras, Jorge Jesus vive má fase no Benfica

Sequência de cinco vitórias seguidas foi interrompida e time já é mais vazado do que a metade dos participantes da primeira divisão em Portugal

Raul Vitor, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2020 | 12h19

O trabalho do técnico Jorge Jesus no Benfica não é bom como era no Flamengo. Apesar de um início animador, tendo vencido cinco partidas seguidas no Campeonato Português, o que não acontecia desde 1982, o bom futebol da equipe não se consolidou. O elenco, caro para os padrões lusitanos, foi eliminado de forma precoce da Liga dos Campeões para o modesto PAOK, de Abel Ferreira, que hoje treina o Palmeiras, e agora acumula três partidas sem vencer. Duas derrotas no Português e um empate na Liga Europa.

A maioria das críticas está concentrada no sistema defensivo montado por Jorge Jesus, apesar de a dupla central de zagueiros ter sido reformulada. No pacote de contratações feito na última janela de transferências, responsável pelo maior gasto das história do clube (R$ 412 milhões), dois defensores veteranos do futebol europeu chegaram ao Benfica. Casos de Nicolás Otamendi e Jan Vertonghen.

Mas isso não tem sido suficiente. O time sofreu nove gols em sete rodadas e já é mais vazado do que a metade dos outros times que disputam a primeira divisão do torneio nacional. Nas últimas duas derrotas, as redes do goleiro Odisseas Vlachodimos foram balançadas seis vezes. No empate diante do Rangers, pela Liga Europa, foram mais três. Ou seja, nove gols sofridos em três jogos.

"Creio que na última linha são jogadores que estão a trabalhar comigo há três meses e pouco e tenho ideias completamente diferentes. Normalmente, os meus times sofrem poucos gols, mas este ano tem sido atípico", disse o treinador.

Pelo investimento feito e a expectativa em cima do treinador, a torcida esperava que o Benfica, no mínimo, liderasse sem sustos o Campeonato Português e tivesse uma participação digna na Liga dos Campeões. Mas o clube português já foi eliminado da Champions e no campeonato nacional, estagnou em 15 pontos. Ocupa a terceira colocação. Jorge Jesus está em sua segunda passagem pelo Benfica. Na primeira, entre 2009 e 2015, conquistou dez títulos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.